12. 12. 2023 - Produzido pela Equipe da Code7

Chapéu Mangueira e Babilônia vão ganhar clínica da família dentro do programa Morar Carioca

Chapéu Mangueira e Babilônia vão ganhar clínica da família dentro do programa Morar Carioca

As comunidades do Chapéu Mangueira e da Babilônia, no Leme, vão ganhar uma nova clínica da família, dentro do programa Morar Carioca. As instalações da unidade de saúde estão sendo construídas próximas à quadra de esportes da área, numa parceria das secretarias municipais de Habitação e de Saúde. O prefeito Eduardo Paes esteve no local da obra nesta quinta-feira (12/10). O programa também prevê a construção de novas moradias no Chapéu Mangueira.

– A nova clínica era um pedido dos profissionais, que precisavam de melhores condições de trabalho. Vamos mudar essa realidade e dar a eles condições satisfatórias – disse o prefeito.

O prédio da nova clínica da família terá 331,43 metros quadrados e ficará na entrada das duas comunidades, numa área de mais fácil acesso pela Ladeira Ary Barroso. As comunidades hoje são atendidas pelo CMS Chapéu Mangueira-Babilônia, num espaço cedido pela associação de moradores. Além de ter dimensões que não permitem a ampliação dos serviços, o imóvel atual está localizado em uma região que impossibilita, por exemplo, a chegada de ambulância para uma eventual transferência de paciente. Chapéu Mangueira e Babilônia são atendidas por duas equipes da Estratégia Saúde da Família, com 100% de cobertura das populações locais. São 4.390 moradores com cadastro ativo atualmente no centro municipal de saúde.

– A clínica vai ter dois pavimentos, será preservada a cozinha solidária. O prédio vai ter, entre outros espaços, uma sala de vacina, três consultórios, sala de curativo e ainda um local para os agentes comunitários. É um sonho antigo que será entregue à população – explicou o secretário de Saúde, Daniel Soranz.

A nova clínica da família vai contar com consultórios, farmácias e área administrativa. Ela será construída utilizando os espaços de salas já existentes na área, que serão readequados para as novas instalações.

– Vamos ter uma clínica da família em local estratégico, sem perder a área de lazer. Esse é o ganho para a comunidade, que vai ter a área de lazer, a clínica, o conjunto habitacional, a cozinha solidária e toda essa área de convivência para a população – afirmou o secretário de Habitação, Patrick Corrêa.

As obras do conjunto Morar Carioca no Chapéu Mangueira também foram vistoriadas durante a visita à comunidade. No local, estão sendo erguidas 52 unidades habitacionais em quatro blocos, sendo três deles com quatro andares e um, com três. Os apartamentos vão variar de 45 a 50 metros

Posts Relacionados

X